“Escolhemos a solução da Informatica. Somente foi possível sobrepujar os vários desafios técnicos do projeto com um provedor de alta qualidade e comprometido com nossos desafios de negócio.”
– Airton Brandão, CIO, Kroton Educacional

Kroton Educacional, a maior companhia de educação privada do Brasil
A Kroton está entre as maiores empresas do mundo da área educacional, atendendo mais de um milhão de alunos, desde o nível básico até a pós-graduação. Possui 125 unidades de ensino superior em 18 estados e 83 cidades brasileiras, 726 polos de graduação EAD, 400 polos de cursos livres e preparatórios e 870 escolas associadas em todo o país, com uma gestão nacional centralizada. Sua missão é melhorar a vida das pessoas por meio da educação responsável e de qualidade, formando cidadãos, preparando profissionais para o mercado e contribuindo com o desenvolvimento de projetos pessoais

Com foco nessa missão e com o objetivo de se tornar referência em educação, a Kroton cresceu por meio de aquisições. A partir de 2010, adquiriu o Grupo IUNI Educacional, a Unopar e, por fim, a Anhanguera, e como resultado tornou-se uma força sólida e muito presente no mercado. Com esse processo, o número de estudantes cresceu exponencialmente – no ensino superior, foi de 18 mil em 2007 para 1,1 milhão em 2014 –, assim como a complexidade de seu ambiente de TI, que passou a ter quatro diferentes sistemas para a gestão da base de alunos. O gerenciamento de dados tornou-se um verdadeiro desafio para a organização.

Explorando o potencial da informação
Para lidar com a complexa tarefa de administrar tal diversidade de tecnologias e um imenso volume de informações, a Kroton decidiu implementar um projeto que permitisse centralizar os vários sistemas de gestão de alunos em uma única plataforma robusta, que garantisse a segurança, a limpeza e o gerenciamento completo dos dados. Foi concebido então o Projeto K-Hub, uma plataforma tecnológica com objetivos importantes: criar cadastros mestres para alunos, professores, unidades, disciplinas etc.; implantar ferramentas de limpeza de dados; e permitir a adoção de barramento SOA (Service-Oriented Architecture) para a integração dos dados.

Após um ano de implementação, o K-Hub já mostrou-se fundamental para aumentar a eficiência operacional da TI e da organização. Novos sistemas são implementados mais fácil e rapidamente, gerando diversos benefícios. O Projeto também possibilitou a implantação, em 15 dias, de um portal para a conexão entre empresas e alunos, visando facilitar o ingresso deles no mercado de trabalho. Com tudo isso, a Kroton também obteve um ganho na imagem percebida pelos estudantes, que agora estão acessando tecnologias inovadoras.

O K-Hub ainda está ajudando a conhecer mais sobre o perfil e o comportamento dos estudantes. Com dados qualificados, a Kroton pretende caminhar rumo à individualização do ensino, o chamado “adaptive learning” – cujo foco é entender e atender necessidades específicas de aprendizado –, o que permitirá melhorar cada vez mais a formação de alunos e profissionais.

Resultados
Graças ao K-Hub, a Kroton passou a concluir projetos em prazo recorde, reduzindo o tempo, o esforço e os recursos necessários para a implementação de sistemas. A integração de aplicativos por meio de uma série de conexões ponto a ponto ficou para trás, conforme ressalta Airton Brandão, CIO da Kroton: “Antigamente tínhamos projetos que demandavam esforços de TI enormes. Era necessário parar várias equipes internas para desenvolver interfaces. Agora não”. O CIO ressalta a questão da agilidade adquirida: “Uma integração que antes levaria três meses de desenvolvimento é realizada agora em 15 dias”.

Todos os desafios de dados passaram a ser enfrentados com o K-Hub. Um deles era obter informações de ex-alunos, dificuldade que está sendo superada com a contratação da Serasa para enriquecer os dados da Kroton. Com as informações obtidas nesse trabalho incorporadas ao MDM (Master Data Management), a base de dados da Kroton está sendo consolidada e cada vez mais enriquecida.

O papel da Informatica
Para a implementação do K-Hub, a Kroton adquiriu três produtos da Informatica – ETL (Extract, Transform and Load), MDM (Master Data Management) e Data Quality –, cada um representando uma parte do processo de gestão de dados. “Chegamos à conclusão que uma única solução não seria suficiente para o tamanho de nosso desafio”, afirma Brandão. O resultado foi uma plataforma robusta, com um master file sólido e dados limpos, que podem ser repassados entre aplicações sem que haja a necessidade de conexões específicas ponto a ponto.

A iniciativa partiu da área de TI e começou por um projeto de avaliação de soluções de mercado que contou com o aconselhamento do Gartner. Para a decisão, foram realizadas avaliações funcionais, técnicas e de custo-benefício, além de provas de conceito detalhadas. “Com esse cenário completo, a solução da Informatica foi melhor que as dos concorrentes, e por isso decidimos por ela”, conclui Brandão.

Top